Alfama

Este bairro medieval (que já foi a judiaria da cidade) é uma pequena aldeia ou medina no meio da capital. É uma relíquia dos tempos antes do grande terramoto de 1755, tendo escapado à catástrofe graças aos seus sólidos alicerces na colina mais alta da cidade. 

É um local para se perder por becos e largos, deixando-se guiar pelos sentidos: vendo estendais nas varandas e fantásticas vistas do rio, cheirando peixe a assar numa esquina, ouvindo os sons do Fado saídos do interior de um restaurante típico, saboreando pratos tradicionais e tocando em magníficos painéis de azulejos. Este é o bairro mais pitoresco de Lisboa e a verdadeira alma da cidade.

Aqui a vida continua como há séculos atrás, mas descendo até ao rio entra-se novamente no século XXI, com antigos armazéns agora convertidos nalguns dos locais mais na moda na cidade, como o DeliDelux para um brunch ou lanche, o Bica do Sapato para jantar e o Lux para beber e dançar até amanhecer.